Dando as boas-vindas:

Primeiramente, olá!

Criei este blog com o intuito de postar minhas resenhas, as notícias e informações sobre essa sétima arte que todos adoramos. Também para compartilhar tudo que eu puder referente ao cinema. Sou estudante de cinema e, desde que eu me recordo, sou completamente apaixonada por filmes e por todo esse mundo de faz-de-conta.

Neste primeiro post eu falarei sobre o nome deste blog, e sobre Cahiers du Cinèma, que foi de onde eu tive a ideia de nome.

Cahiers du Cinèma (tradução livre: Cadernos do Cinema) é uma revista francesa, criada em 1951, na época de cineclubes (quando muitos cineastas reuniam-se para conversar sobre cinema, fazer suas críticas e compartilhar suas ideias) principalmente por André Bazin, um crítico francês, na época da Nouvelle Vague – um movimento cinematográfico conhecido também como “política de autores”,  obra de arte autoral, de expressão pessoal. Nesse caso, defendiam o direito do diretor de se expressar através do filme, colocando sua visão pessoal, roteiro livre, uma visão realista da sociedade; além disso, eram “contra” as produções de hollywood e defendiam um cinema simples, “de rua”, de baixo orçamento e extremamente realista, com temas da atualidade. Entre os mais famosos da NV estão: François Truffaut e Jean-Luc Godard.

A Cahiers du Cinèma prevaleceu como ícone do cinema, continua até hoje distribuindo velhas e novas edições de suas revistas.

Anúncios

Deixe sua opinião, crítica ou elogio.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s